Cinquenta Tons de Cinza

E hoje, eu me rendi aos encantos do Sr. Grey.

O cara é astuto, pretensioso, cheio de marra… Simpático, atraente, convidativo… Tem mãos bonitas, costas, nádegas… É… Interessante e muito filho da puta também!!!

Poderia sorrir mais, mas nada que o desabone.

Tem uma conduta um tanto quanto dentro e fora do que consideram se padrões; mas quem se importa com eles?!

Sim… Rendi-me aos encantos do Sr. Grey…

Admito nunca ter tido qualquer tipo de interesse pelos livros e menos ainda pelo filme; no entanto… No entanto um dia, o filme caiu no meu colo como uma luva e eu cedi… Ainda bem… Foi bom!!!

Confesso, corada não de vergonha, mas diante de uma mistura de sensações,  que gostei e muito. Assisti duas vezes e admito que farei isto mais algumas; mas mais para poder prestar atenção ao que não vi na primeira vez e percebi na segunda e provavelmente, tenha algo que verei na terceira e não observei na segunda, ainda mais que após vê-lo, corri à livraria e caindo em tentação, tomei posse do que tornou se meu, o primeiro volume da trilogia, e agora que está acabando e eu estou completamente desnuda, desequilibrada e apaixonada, enlouquecerei se não terminar de lê-los e souber afinal, como terminará está linda e louca história de amor.

Ah, o amor… Gostaria de falar sobre ele, contudo, temos uma relação um tanto quanto complicada e quem sabe um dia, em nosso entendimento, possa vir dissertá-lo com o carinho que meu coração deseja… Todavia, por hora voltemos ao Grey.

O complicado e perfeitinho Christian Grey… Uma mistura de calor e frio. Tensão e tesão… Atração e repulsa… Ao menos em mim, foi provocada toda esta mistura.

Entretanto, trata-se nada mais nada menos do que um romance, que como qualquer outro, envolve sexo e é exatamente como estamos acostumados a ver nos relacionamentos por aí, o tempo todo. Eles não fazem nada que ninguém não faça; a diferença, é que fazem de uma maneira mais adequada ao estilo de vida escolhida, neste momento, por ambos. Eles não fazem amor… Eles fodem.

Um relacionamento cheio de porquês, sentimentos, suposições, confidencias, amizade e traumas que precisam ser superados, para que a vida siga.

O filme, perto do que representa o livro, é bem superficial. No livro, eles usam um linguajar rebuscado, pesado, ousado… Quente. E é assim do começo ao fim.

Só uma observação.

Mulheres, cuidado ao lerem; parece que o corpo sente e suplica intimamente, pelo Grey, rs.

Enfim…

Diferentemente de tudo o que ouvi falar antes mesmo de saber do que se tratava, o filme é bacana e o livro é muito mais interessante… Intrigante, talvez. 

Cuidado… Parece que saímos um pouco do mundo real e embarcamos nesta fantasia.

Não sei dizer ao certo se aceitaria a proposta do Sr. bonito, cavalheiro, charmoso e tentador Grey, no entanto os convoco a tirar suas próprias conclusões.

Eu… Estou pronta para embarcar no “Cinquenta Tons Mais Escuros”… Não se preocupem… Eu volto para contar 😉

E fazendo das palavras do Sr. Grey as minhas: “nosso objetivo é satisfazer…”.

CintiaOlimpio

CintiaOlimpio

Eu sou uma misturinha de tudo...
Loucura, sensatez, bagunça e lucidez...
Tem um pouco de mim aqui... Outro tanto acolá e muito espalhado por aí.
Sou uma mistura de sol, vento, brisa e mar...
Vezes calmaria e outras ventania... Menina.
Apaixonada pelas palavras, pelos sorrisos alheios, por mãos e por costas... Por mentes brilhantes também.
Devoradora de livros e um tanto desequilibrada quando se trata de natureza, esportes radicais e liberdade.
Escolhi os números como profissão, mas tenho descoberto que posso ser bem mais do que isto... Posso me tornar o que eu quiser... E provavelmente, me tornarei um tanto de outras coisas!!!
CintiaOlimpio

Últimos posts por CintiaOlimpio (exibir todos)

Deixe uma resposta