Filtro de Sonhos

Tenho andado um tanto quanto cética…

Poxa… A vida também não tem facilitado ou ajudado em muita coisa…

… Então há ela de comigo concordar que eu não poderia olha-lá diferente.

Contudo, isto provavelmente esteja muito mais ligado à pessoas que a espiritualidade e fé.

Não sei em que cada um de vocês acredita… Eu acredito em tudo e não acredito em quase nada. Mas procuro tomar alguns cuidados para que minha energia não seja canalizada e direcionada à pessoas e coisas que nada tenham a me acrescentar… É um processo desgastante.

Sendo assim, de vez em quando procuro me cuidar, restabelecer a energia; seja através de um banho de mar, com os pés na areia, sentada na grama recebendo os raios do sol ou o vendo se por, observando a lua, sentindo o vento, em contato com a natureza ou às vezes, procurando conforto e paz em uma canção ou através de uma oração.

Entretanto, a um tempo atrás, fui à casa de produtos esotéricos e avistei uma das coisas mais incríveis que meus olhos poderiam ter visto. Coincidência ou não, o dia anterior havia sido muito ruim e eu estava baqueada. E lá, em cima do balcão, havia um “filtro de sonhos”. Objeto este, que já ocupava um dos fundos de tela aqui do blog, sem ao menos que eu soubesse do que se tratava.

Uma coisa talvez nada tenha a ver com a outra, mas aquilo me remeteu uma paz tão latente, que não poderia simplesmente ignorá-lo. Resolvi levá-lo para casa… E absorvendo o que foi me dito a respeito dele, fui atrás de outras informações.

Muitas delas tinham em comum que o “filtro de sonhos” é um amuleto de proteção; uma espécie de mandala de cura. Originário da cultura indígena norte americana, supostamente, teria o poder de purificar as energias, canalizar os sonhos positivos dos negativos, além de trazer sabedoria e sorte para quem o possuía.

Dream catcher, nome original, também conhecido como “caçador de sonhos, espanta pesadelos ou catasonhos”, na verdade, é uma teia. Originário da Tribo dos Ojibwa, habitantes da região dos grandes lagos da América do Norte.

Eles acreditavam que ao cair da noite, o ar se enchia de sonhos bons e ruins; e mesmo que fossem pesadelos, poderiam conter alguma mensagem importante do grande espírito para nós, o que os tornariam bons sonhos. Porém, existiam outros tantos sonhos e energias ruins circulando ao nosso redor  que não nos pertenciam, capazes de nos fazer mal. Daí a importância da existência do filtro. Sua função era neutralizá-los.

O filtro é composto por um circulo feito com fibras de salgueiro chorão e revestido com tiras de couro, onde são amarrados diversos fios que formam uma espécie de teia, com um pequeno circulo na parte central. Uma pena de ave (preferencialmente de coruja, por significar sabedoria) é colocada debaixo da teia e simboliza a respiração e o ar.

Cada  elemento que faz parte dele tem um significado e uma atribuição.

O aro circular, representa a totalidade, o círculo da vida, da eternidade, bem como o sol.

A teia, representa a alma, as nossas escolhas, o caminho, o livre arbítrio e as nossas relações inter pessoais.

O centro corresponde ao princípio criador, a força do universo e ao nosso eu.

A pena, como dito acima, representa o ar ou a respiração, elementos essenciais para a vida. Contudo, a pena de coruja feminina simboliza a sabedoria, enquanto a pena de águia masculina serve para dar coragem.

É recomendado ainda que seja colocado em um lugar, aonde receba sol, para que os sonhos ruins que ficaram presos durante a noite, se dissipem ao amanhecer.

É isso. 😉

CintiaOlimpio

CintiaOlimpio

Eu sou uma misturinha de tudo...
Loucura, sensatez, bagunça e lucidez...
Tem um pouco de mim aqui... Outro tanto acolá e muito espalhado por aí.
Sou uma mistura de sol, vento, brisa e mar...
Vezes calmaria e outras ventania... Menina.
Apaixonada pelas palavras, pelos sorrisos alheios, por mãos e por costas... Por mentes brilhantes também.
Devoradora de livros e um tanto desequilibrada quando se trata de natureza, esportes radicais e liberdade.
Escolhi os números como profissão, mas tenho descoberto que posso ser bem mais do que isto... Posso me tornar o que eu quiser... E provavelmente, me tornarei um tanto de outras coisas!!!
CintiaOlimpio

Últimos posts por CintiaOlimpio (exibir todos)

Deixe uma resposta