Tom Brasil HSBC

No último sábado do mês de outubro, fui a um show na casa de espetáculos HSBC Brasil, que entre a compra dos ingressos à data do evento, tornou-se parte do Grupo Tom Brasil e teve seu nome modificado para Tom Brasil HSBC.

Eu, que apesar de já ter assistido a shows astronômicos como Rock In Rio, havia ido uma única vez a casas de show deste porte, mas em um show menor.

Então, tentarei ser o mais sucinta possível sobre o que pude perceber do ambiente.

Lá é tudo bem explicadinho.

Quando chegamos, rapidamente foi possível localizar a bilheteria, o local para a retirada de ingressos, a entrada de quem iria para a pista e a entrada para o camarote, frisa e cadeira alta.

Tudo muito bem sinalizado e claro (como deve ser).

Isto evita que ocorram tumultos para localizar-se e atrasos para assistir ao espetáculo.

Eu havia optado por um lugar mais confortável e de onde pudesse ver o show e bem, ao invés de apenas ouvi-lo.

Então, me dirigi ao local indicado.

Havia uma pequena fila, mas tudo foi bem rápido.

Já na porta da casa de eventos, apresentamos os ingressos (que foram lidos em um daqueles equipamentos de códigos de barra), documentos, fomos revistadas e entramos. Ingressos estes que nos foram devolvidos para que os apresentássemos em outros acessos.

Lá dentro estavam sendo vendidos itens da banda para quem desejasse adquiri-los, mas nada que atrapalhasse a movimentação, pois o salão de acesso é bem espaçoso.

De um lado havia o acesso à pista, e de outro, neste enorme salão, acesso aos outros ambientes.

Dirigimo-nos ao local indicado, novamente apresentando os ingressos e nos dirigimos a outro local, aonde teríamos que apresentá-los mais uma vez.

Pode ate parecer um pouco cansativo este vai e vem, porém, foi tudo bem tranquilo.

Ao chegarmos ao andar superior, avistamos os banheiros, para o caso de precisarmos utilizá-los mais tarde e o nosso local de entrada, finalmente.

Entregamos os ingressos e fomos conduzidas à nossa mesa.

Lá, neste espaço, havia garçons que circulavam o tempo todo e através de quem era possível solicitar qualquer tipo de comida ou bebida, que após uma meia hora, passava para receber o valor do que havia sido consumido. Achei a ideia bem bacana, o que evitava que no final do evento, tivéssemos que perder horas em filas para efetuar o pagamento. Bem cômodo.

Antes de iniciar o show, um pessoal se levantou e um segurança, os avisou que não poderiam assistir ao show de pé. De certo modo, achei bom; mas quando o show começou, foi impossível ele fazer este controle porque era um “show” e em shows, as pessoas querem participar (eu mesma fui uma que só havia ficado sentada até a entrada da banda).

Enfim… O local é bem bacana.

Gostei muito. Fomos muito bem tratadas; profissionais bem educados e prestativos.

E não poderia ter ocorrido melhor do que foi… Só se o show durasse a noite inteira, mas isto é outra história.

O que nos preocupava, era a saída, pois havia sido informada que a movimentação era bem grande e haveria um pouco de dificuldades para nos locomover, mas saímos sem maiores problemas, mesmo com toda aquela baguncinha de final de festa.

Bom… Fiz um bom investimento! ;).

Valeu a pena!!!

CintiaOlimpio

CintiaOlimpio

Eu sou uma misturinha de tudo...
Loucura, sensatez, bagunça e lucidez...
Tem um pouco de mim aqui... Outro tanto acolá e muito espalhado por aí.
Sou uma mistura de sol, vento, brisa e mar...
Vezes calmaria e outras ventania... Menina.
Apaixonada pelas palavras, pelos sorrisos alheios, por mãos e por costas... Por mentes brilhantes também.
Devoradora de livros e um tanto desequilibrada quando se trata de natureza, esportes radicais e liberdade.
Escolhi os números como profissão, mas tenho descoberto que posso ser bem mais do que isto... Posso me tornar o que eu quiser... E provavelmente, me tornarei um tanto de outras coisas!!!
CintiaOlimpio

Últimos posts por CintiaOlimpio (exibir todos)

Deixe uma resposta