Mais de tudo

Hoje eu acordei querendo mais de tudo. Percebi o quanto estou cansada da mesmice e de coisas que tornam e deixam os meus dias tão iguais.

Olhei à minha volta e constatei que já estava cansada do emprego em que estou há tão pouco tempo. E que talvez, não queira apenas um emprego, e sim, um trabalho.

Notei que as pessoas com quem tenho passado uma boa parte do dia, se contentam com um mundo cru; falam abobrinhas demais, subestimam os outros. E não somente as pessoas com quem passo boa parte do dia; as pessoas com quem convivo a vida inteira também e talvez, as pessoas com quem estou passando os anos universitários.

(Enxerguei) Que o convívio diário nos esgota, nos torna chatos. Talvez porque já sejamos um pouco, mas também por ver as pessoas implicarem e questionarem coisas inúteis.

Pergunto-me por que será que o sol ou a chuva nunca agradarão a todos. Isto não quer dizer, que todos nós tenhamos que ser iguais… Pelo contrário, sou a favor do diferente, da diferença. Contudo, a favor de compreendermos que as mudanças climáticas são necessárias, e muitas vezes, mudanças internas também.

Será que o problema sou eu?!

Não sei… Talvez… Quem sabe. Vivo fazendo-me avaliações. Mas será que é tão errada querer um pouco mais… De tudo?!

Sim… Tenho acordado querendo mais, todos os dias e me permitido mudar. Às vezes, as mudanças dependem de nós e o que parece tão distante e tão complicado, pode ser mais simples do que imaginávamos, se fizermos só mais um pouquinho de esforço.

Sempre digo que motivos e forças ocultas para nos impulsionar na desistência de coisas é o que mais existe por ai. Porém, cabe a nós insistir e não desistir, ainda que tenhamos que trilhar um caminho maior.

Hoje eu acordei querendo mais; mais sorrisos, mais abraços, mais beijos, mais sinceridade, mais passeios de mãos dadas, mais clareza, mais harmonia, mais persistência. Mais sonhos, novos sonhos, mais desejos, mais impulsividade, mais egos saciados; viagens… Ahhh, as viagens, mais viagens, paisagens… Mais… Compreensão, paciência, sol, praia, brisa, vento, ar puro, amigos, família, diversão, musica, poesias, livros… Vida… Tolerância… Pés no chão… Natureza… Conversas, amores, sabores e porque não, dissabores?!

Hoje eu acordei querendo mais… E com um sorriso enorme no rosto, percebi que as mudanças só dependem de mim… E que jamais me permitirei ficar na estagnação. Sempre quererei mais e farei com que o mais, seja mais… De tudo (o que for bom). Por que não?!

CintiaOlimpio

CintiaOlimpio

Eu sou uma misturinha de tudo...
Loucura, sensatez, bagunça e lucidez...
Tem um pouco de mim aqui... Outro tanto acolá e muito espalhado por aí.
Sou uma mistura de sol, vento, brisa e mar...
Vezes calmaria e outras ventania... Menina.
Apaixonada pelas palavras, pelos sorrisos alheios, por mãos e por costas... Por mentes brilhantes também.
Devoradora de livros e um tanto desequilibrada quando se trata de natureza, esportes radicais e liberdade.
Escolhi os números como profissão, mas tenho descoberto que posso ser bem mais do que isto... Posso me tornar o que eu quiser... E provavelmente, me tornarei um tanto de outras coisas!!!
CintiaOlimpio

Últimos posts por CintiaOlimpio (exibir todos)

Deixe uma resposta