Preciso deixar você partir… De mim

Decidi deixar você ir…

Não por que não goste de você, pelo contrário; o sentimento é imensurável. Mas por chegar à conclusão de que de nada adiantaria guardar lhe em um lugar que você jamais ocupará.

… Mesmo que há um ano e meio, este seja ou tenha sido o meu maior desejo.

E eu que achava que o que eu queria era tão pouco… Nossas mãos entrelaçadas, um abraço apertado, lhe ver sorrir e rir com você, ouvir sua voz ao mesmo tempo em que falássemos amenidades e tocar o seu rosto… Eu só queria poder fazer lhe carinho uma única e última vez.

Já havia decidido que o direito a cobranças da minha parte, estavam abolidos.

Decidi deixar você partir… Para poder viver e conseguir enxergar a finitude de coisas que talvez a vida ainda possa me proporcionar.

Decidi deixar você partir e assim poder guardar todos os bons momentos, risadas e palavras doces dirigidas a mim, depois de duas décadas, para não permitir que o lado ruim de tudo isto me transformasse em alguém que não sou e não desejo ser.

Decidi deixá-lo ir…

Para apagar as mágoas e as feridinhas de alguns momentos de uma vez, para que não virem grandes escaras e se tornem ódio ou rancor… Algo que aprendi a carregar.

Decidi  deixa-lo partir,  para poder entender que gostar de alguém é poder vê-lo feliz, desejar que seja com as suas escolhas e torcer para que estas escolhas sejam certas.

Decidi deixá-lo partir porque nem sempre o que desejamos é o melhor para nós, ou para a nossa vida; algumas coisas simplesmente foram feitas para permanecer em algum cantinho no coração.

Devo deixá-lo ir para não ter que recordar e cometer o pecado, outra vez, de relembrá-lo de ter prometido a mim que perto sempre iria estar.

Forever and ever and ever…

Preciso deixá-lo partir…

… E assim, continuar seguindo a minha vida, como você vive a sua… Livre!!!

CintiaOlimpio

CintiaOlimpio

Eu sou uma misturinha de tudo...
Loucura, sensatez, bagunça e lucidez...
Tem um pouco de mim aqui... Outro tanto acolá e muito espalhado por aí.
Sou uma mistura de sol, vento, brisa e mar...
Vezes calmaria e outras ventania... Menina.
Apaixonada pelas palavras, pelos sorrisos alheios, por mãos e por costas... Por mentes brilhantes também.
Devoradora de livros e um tanto desequilibrada quando se trata de natureza, esportes radicais e liberdade.
Escolhi os números como profissão, mas tenho descoberto que posso ser bem mais do que isto... Posso me tornar o que eu quiser... E provavelmente, me tornarei um tanto de outras coisas!!!
CintiaOlimpio

Últimos posts por CintiaOlimpio (exibir todos)

Deixe uma resposta